Saltar para conteúdo

Notícias

2019-12-16 às 12h50

Novo centro académico de investigação inaugurado em Lisboa

Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, na inauguração do novo edifício da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e do Centro Académico Clínico de Lisboa, 16 dezembro 2019
O novo edifício da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e do Centro Académico Clínico de Lisboa foi inaugurado pelo Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, e pela Secretária de Estado Adjunta e da Saúde, Jamila Madeira. 

O Centro Académico Clínico de Lisboa é dedicado ao desenvolvimento de atividades de investigação, valorização e transferência tecnológica. Neste centro, investigadores, estudantes e potenciais parceiros do tecido empresarial, podem criar projetos que resultem em novas terapêuticas e tecnologias inovadoras no combate às doenças cardiovasculares. 

A Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL) terá ainda um Centro de Simulação Avançada Multidisciplinar, que será o primeiro centro de referência internacional científico e tecnológico na área da segurança do doente, e um Laboratório de Nutrição. 

Unidade cardiovascular

Na Unidade Cardiovascular vai ser feita investigação, desenvolvimento, valorização e transferência tecnológica que permitam desenvolver projetos que resultem em novas terapêuticas e tecnologias inovadoras no combate às doenças cardiovasculares. 

A Unidade Cardiovascular contará com laboratórios para I&D associados a Cultura de Células, Biologia Molecular e Experimentação em pequenos animais, cada um necessitando de equipamentos específicos. 

Esta nova área irá contribuir para a afirmação nacional e internacional da faculdade, nomeadamente através da captação de alunos estrangeiros e facilitar a integração da FMUL em redes europeias de ensino e investigação na área da saúde, prevenção e reabilitação cardiovascular.

Centro de simulação avançada multidisciplinar

Haverá também um Centro de Simulação Avançada Multidisciplinar, que será o primeiro centro de referência internacional científico e tecnológico na área da segurança do doente, de vanguarda educacional e de inovação aplicadas aos cuidados de saúde, contribuindo para a internacionalização do conhecimento em saúde de Portugal. 

Este inovador Centro de Simulação será um dos maiores e melhores da Europa, dado que a sua capacidade tecnológica e as suas áreas permitirão formar e treinar estudantes da FMUL e profissionais de diversas áreas, nomeadamente, médicos especialistas, internos, enfermeiros e técnicos de saúde, mas também permitirão desenvolver cursos inovadores de formação por simulação avançada em alta fidelidade em áreas de saúde multidisciplinares.

Reynaldo dos Santos

A Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e o Centro Académico Clínico de Lisboa ficam instalados no Edifício Reynaldo dos Santos assim denominado em homenagem ao médico português nascido em 1880.

Licenciado na Escola Médico-Cirúrgica de Lisboa (antecessora da FMUL), especializou-se em Cirurgia Geral e Urologia. Participou na fundação da Sociedade Europeia de Cirurgia Cardiovascular, à qual chegou a presidir, e criou o Centro de Angiografia Reynaldo dos Santos. 

Destacou-se como um vanguardista, um esteta, tendo dedicado os últimos anos de vida a investigar e a promover a arte portuguesa, nomeadamente no domínio da tapeçaria, arqueologia, pintura e escultura.