Saltar para conteúdo

Notícias

2020-01-05 às 19h02

Navio-escola Sagres inicia viagem comemorativa dos 500 anos da circum-navegação da Terra

Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e Ministros da Defesa Nacional, Gomes Cravinho, e do Ambiente e Ação Climática, Matos Fernandes, na partida do navio-escola Sagres, Lisboa, 5 janeiro 2020 (foto: João Bica)
Ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos, discursa na partida do navio-escola Sagres, Lisboa, 5 janeiro 2020 (foto: João Bica)
O navio-escola Sagres iniciou uma viagem de circum-navegação da Terra, devendo regressar a Lisboa dentro de 371 dias, numa cerimónia que foi presidida pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e em que estiveram presentes os Ministros da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, do Ambiente e da Ação Climática, Matos Fernandes, e do Mar, Ricardo Serrão Santos, e os Secretários de Estado da Defesa Nacional, Jorge Seguro Sanches, e da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo. 

Nesta viagem, que se insere nas celebrações do quinto centenário da circum-navegação de Fernão de Magalhães e Sebastião Elcano, o navio é tripulado por 142 marinheiros, levando também 50 instruendos da Associação Portuguesa do Treino de Vela (Aporvela).

«Magalhães deu-nos um mundo redondo»

«Magalhães desfez a quadratura do círculo. Deu-nos um mundo redondo e abriu horizontes a novos mundos, povos, culturas, motivado pela riqueza das especiarias das Índias e pela possibilidade do comércio» que incentivou «uma economia mundial emergente», disse Ricardo Serrão Santos no seu discurso a bordo. 

Numa declaração à Lusa, o Ministro do Mar disse que a viagem envolve um conjunto de protocolos científicos destinados a conhecer melhor as correntes, a influência do clima, a biodiversidade e a poluição dos plásticos e microplásticos.

Vão ser feitas colheitas e amostragens ao longo do percurso e haverá eventos relacionados com literacia, divulgação e comunicação dos oceanos e o perigo da poluição dos plásticos para as pessoas que visitarem a Sagres nos seus portos de escala ao longo da viagem. 

22 portos de 19 países

O navio-escola Sagres vai passar por mais de 22 portos de 19 países, visitando 12 cidades da Rede Mundial de Cidades Magalhãnicas. Em 30 de dezembro de 2020, o navio-escola Sagres volta a entrar num porto português (Ponta Delgada), estando o regresso a Lisboa agendado para 10 de janeiro de 2021.

Um ponto alto da viagem será a chegada a Tóquio, para entregar a bandeira nacional, que foi entregue pelo Presidente da República ao capitão do navio, à delegação olímpica portuguesa que participa nos Jogos Olímpicos que se realizam em Tóquio, onde o navio se apresentará como Casa de Portugal.