Saltar para conteúdo

Notícias

2021-06-14 às 19h44

Ministros do Desenvolvimento da UE reuniram-se para discutir cooperação com os Países de Rendimento Médio

Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Francisco André, na reunião informal de Ministros do Desenvolvimento da União Europeia, 14 junho 2021
O Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Francisco André, participou hoje na reunião informal de Ministros do Desenvolvimento da União Europeia (UE).

Os Ministros discutiram a cooperação da UE com os Países de Rendimento Médio, onde se incluem parceiros de África e da América Latina, regiões fortemente afetadas pela atual pandemia, cuja recuperação socioeconómica vai ser apoiada pela UE. Este debate teve lugar no mesmo dia da entrada em vigor do Instrumento de Vizinhança, Desenvolvimento e Cooperação Internacional (IVDCI) - Europa Global, o maior instrumento da ação externa da UE, com cerca de 79,5 mil milhões de euros, adotado durante a PPUE2021, que permitirá reforçar as parcerias e o investimento em África e noutras regiões, nos domínios do desenvolvimento humano e da transição climática e digital, entre outros.

Foi, também, abordada a importância do reforço do compromisso europeu para o Desenvolvimento Humano, na dupla vertente de Educação e Saúde, prioridades-chave para vários dos nossos países parceiros. Trata-se de um domínio em que a ação da UE pode fazer uma verdadeira diferença na vida das pessoas, e em que a Sociedade Civil assume um papel essencial e decisivo na obtenção de resultados.
Os Ministros debateram, ainda, a necessidade de acelerar o acesso universal a vacinas contra a COVID-19, sublinhando-se a urgência em apoiar a distribuição de vacinas nos países parceiros, nomeadamente em África.

Hoje foram, também, aprovadas Conclusões sobre a Arquitetura Europeia Financeira para o Desenvolvimento, uma das principais prioridades na área das Parcerias Internacionais, com o objetivo de reforçar a capacidade de investimento e impacto da cooperação para o desenvolvimento com países parceiros, com destaque para o papel do Banco Europeu de Investimento.

Foram igualmente adotadas Conclusões sobre a cooperação com os Países de Rendimento Médio, sobre o Desenvolvimento Humano e sobre os objetivos humanitários da União Europeia.