Saltar para conteúdo

Notícias

2020-02-26 às 14h31

Ministra da Saúde visitou investimentos na Unidade Local de Saúde do Nordeste

A Ministra da Saúde, Marta Temido, visitou a Unidade Hospitalar de Bragança, inserida na Unidade Local de Saúde do Nordeste, no âmbito da iniciativa Governo Mais Próximo em Bragança.

A Ministra visitou nomeadamente o Serviço de Pneumologia, no qual se destaca a aquisição de um novo pletismógrafo, que representa um investimento de 57 mil euros, e o Serviço de Imagiologia, onde foi inaugurado um novo equipamento de raio-X, um investimento de 65 mil euros.

Marta Temido visitou a nova ala de Medicina Interna do Hospital de Bragança que se encontra em construção e que representa um investimento na ordem dos 398 mil euros. 

Este novo serviço, que apresenta características inovadoras e irá disponibilizar cuidados de nível intermédio, vai ser constituído por 19 camas, um quarto de isolamento com pressão negativa, bem como salas de trabalho e um espaço dedicado exclusivamente à monitorização dos doentes.

A Ministra esteve ainda no local onde vai ser construído o novo edifício com Bloco Operatório, Central de Esterilização e Laboratório de Patologia Clínica, um investimento global de mais de 3 milhões de euros, financiado em cerca de 2,5 milhões por fundos comunitários.

Marta Temido sublinhou que é graças ao «esforço de todos é que é possível que estejamos aqui para ver estes investimentos», lembrando que no interior do País «existe outro tipo de dificuldades» e que o desafio passa por «garantir e melhorar o movimento assistencial da região».

Contratação de médicos 

A Ministra disse também que o Governo vai continuar a contratar e a tomar outras medidas para atrair médicos para o distrito de Bragança, para fazer face à aposentação de clínicos nos anos mais próximos.

A Ministra anunciou a abertura de cinco vagas para Medicina Geral e Familiar e a disponibilidade do Governo para estabelecer contratos com médicos com idade superior a 60 anos que queiram continuar a exercer.

Além dos especialistas, o Governo dará particular atenção à contratação de médicos de família – a Unidade Local de Saúde do Nordeste tem, atualmente, 143 médicos de família, 47% dos quais tem mais de 60 anos –, para evitar uma regressão na cobertura de médicos de família na região, que é integral.

«O Governo está empenhado em continuar a investir nestas áreas para melhorar a coesão territorial», disse, sublinhando que a unidade, embora tenha dificuldades de recursos humanos, tem listas de espera quase inexistentes.

Projeto de investigação

A Ministra presidiu ainda à cerimónia de assinatura do protocolo entre a ULS Nordeste e o Instituto Politécnico de Bragança «Clean Tech Health Center», que contou também com presença do Secretário de Estado da Ciência Tecnologia e Ensino Superior, João Sobrinho Teixeira.

Este projeto contempla a criação de uma estrutura de investigação e de formação avançada na área da promoção da eficiência e da sustentabilidade nos Cuidados de Saúde, com base na utilização de tecnologias digitais e Ciência de Dados.