Saltar para conteúdo

Notícias

2020-04-29 às 11h15

Investimento nas obras públicas fundamental para «dinamização da atividade económica»

Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, na audição da Comissão de Economia, Inovação, Obras Públicas e Inovação na Assembleia da República, Lisboa, 29 abril 2020 (Foto: João Relvas/Lusa)
O Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, destacou a importância que o setor das obras públicas pode ter na resposta à crise provocada pela pandemia de Covid-19, durante uma audição da Comissão de Economia, Inovação, Obras Públicas e Inovação na Assembleia da República.

«O investimento público pode ter um papel determinante, não só na travagem de uma cada vez mais certa recessão mas também na dinamização da atividade económica», afirmou.

O Ministro referiu que «o setor das obras públicas é fundamental para que a construção civil possa continuar a trabalhar» e acrescentou que o setor não parou a sua atividade nem houve qualquer obra pública cancelada durante este período.

A Infraestruturas de Portugal tem programados cerca de 427 milhões de euros de investimentos para 2020 e Pedro Nuno Santos sublinhou que a fase de projetos e de estudos prévios está ultrapassada e acrescentou que o Ferrovia 2020 está «praticamente todo em empreitada».

«Para além da ferrovia, cujos projetos deverão entrar todos em fase de empreitada até ao final do ano, a antecipação da conservação de estradas e a recuperação do parque habitacional do Estado e do IHRU, são áreas que estão a ser avaliadas», acrescentou.

Portugal tem o objetivo de antecipar parte do Programa Nacional de Investimentos 2030. «Espero que consigamos avançar o mais depressa possível, porque é evidente que estamos na presença de uma crise económica profunda e, na minha opinião, com efeitos duradouros. Os Estados têm de ser resolutos», afirmou.