Saltar para conteúdo

Notícias

2020-09-23 às 19h45

Governo participa em ações de sensibilização das forças de segurança nas escolas

Ministros da Administração Interna e da Educação durante uma ação de sensibilização da Guarda Nacional Republicana numa escola em Arronches, Portalegre, 23 setembro 2020
Ministros da Administração Interna e da Educação durante uma ação de sensibilização da Polícia de Segurança Pública numa escola em Elvas, 23 setembro 2020
O Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, e o Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, participaram em duas ações de sensibilização das Forças de Segurança no Distrito de Portalegre, no âmbito do Programa Escola Segura.

Na Escola EB 2/3 N.º 2, em Elvas, os Ministros acompanharam a ação de sensibilização da Polícia de Segurança Pública (PSP), que alertou estudantes e corpo docente para os habituais desafios da segurança em ambiente escolar, mas também, e no contexto atual de pandemia, para os cuidados a ter em consideração ao nível da segurança sanitária.

A ação de sensibilização da PSP em Elvas contou ainda com a presença do Falco, a mascote da Polícia de Segurança Pública, para além de uma demonstração de um binómio Homem/Cão do Grupo Operacional Cinotécnico, da Unidade Especial de Polícia.

Os Ministros visitaram ainda a Escola EB 2/3 de Nossa Senhora da Luz, em Arronches, acompanhando uma ação de sensibilização da Escola Segura, realizada pela Guarda Nacional Republicana (GNR).

Na visita, os governantes, acompanhados pelo Guarda Vidal, a mascote da GNR, testemunharam a forma como esta escola se adaptou aos novos desafios da Covid-19 e assistiram a uma explicação de dois militares da GNR aos alunos, focada no tema da segurança em ambiente escolar.

«O projeto Escola Segura é, há muitos anos, uma componente essencial de um trabalho que é de todos e que nos permitiu conquistar um dos maiores ativos do País, que é o facto de sermos considerados o terceiro país mais seguro do mundo», referiu Eduardo Cabrita no final da visita, lembrando a dimensão atual de «saúde associada à segurança», onde também é fundamental a ação «essencialmente pedagógica» das Forças de Segurança.

Já Tiago Brandão Rodrigues afirmou que a Escola Segura é uma presença constante que faz parte da comunidade escolar: «Tem-nos demonstrado ao longo dos anos que a sua presença, quer pela PSP quer pela GNR, é absolutamente fundamental, assim como o trabalho das direções das escolas ou das autarquias». O Ministro lembrou ainda a parceria entre o Ministério da Administração Interna e o Ministério da Educação, não só com o Programa Escola Segura mas também com ações de segurança rodoviária ou com o exercício de proteção civil "Terra Treme".