Saltar para conteúdo

Notícias

2021-06-11 às 15h09

Europa e África aprovam Manifesto de Lisboa para observação da Terra

Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, na conferência de imprensa após o Fórum de Alto Nível sobre Observação Espacial, Lisboa, 11 junho 2021 (Foto: António Pedro Santos/Lusa)

O Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, afirmou que a União Europeia e a União Africana aprovaram o Manifesto de Lisboa sobre observação da Terra durante o Fórum de Alto Nível sobre Observação Espacial.

Durante a conferência de imprensa, o Ministro referiu que o documento «defende que se dê mais atenção às oportunidades de digitalização das nossas sociedades, salienta os desafios para a mudança climática e sublinha a necessidade de orientar os temas aeroespaciais para as necessidades das nossas populações».

Manuel Heitor destacou que Europa e África podem complementar-se para ultrapassar dificuldades. «Enquanto a Europa vive um processo de envelhecimento gradual, África é o continente mais jovem do globo, com mais de 60% das pessoas a ter menos de 25 anos de idade».

O Ministro acrescentou que a observação do espaço também pode ajudar a resolver situações relacionadas com os sistemas agroalimentares, que «são dos mais caros do planeta na Europa, enquanto em África há populações sem acesso a comida».

Durante o Fórum de Alto Nível, foi assumido também o compromisso de aprofundar «o desenvolvimento da capacidade de formação, o desenvolvimento da capacidade operacional, em particular o desenvolvimento da agência espacial africana, e o desenvolvimento de uma maior cooperação para envolver os jovens africanos neste debate».