Saltar para conteúdo

Notícias

2021-07-21 às 19h57

«Estado social é a melhor proteção face a crises»

Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, durante o debate do Estado da Nação na Assembleia da República, Lisboa, 21 julho 2021 (Foto: António Cotrim)
O Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, afirmou que «o estado social é a melhor proteção face a crises» e as políticas sem austeridade «são a maior resposta».

No encerramento do debate sobre o Estado da Nação na Assembleia da República, o Ministro destacou que estas foram as duas primeiras lições dadas pela crise sanitária e acrescentou uma terceira: «A recuperação da crise é tanto mais rápida e forte quando mais integrar a transformação da estrutura económica e social de modo a torná-la mais resiliente».

«Esta é a linha de conduta do Governo: agir, reformando; agir, intervindo nos pontos críticos; agir para mudar», acrescentou, enumerando as reformas que estão a ser implementadas no ponto nacional: ordenamento da floresta para uma melhor prevenção de incêndios, descentralização como instrumento-chave da coesão territorial, aposta na ferrovia e na mobilidade elétrica como motores essenciais da redução das emissões, reforma da estrutura superior da Defesa Nacional com vista à modernização, e digitalização sistemática da Administração Pública para facilitar a vida a empresas e pessoas.

Augusto Santos Silva reiterou a importância de «dirigir a política e os recursos públicos para as áreas onde se combate a desigualdade e alicerça o futuro».

O Ministro salientou que «ficou uma vez mais demonstrado quão necessário é investir no estado social e nos serviços públicos», enumerando a resiliência demonstrada pela Administração Público, que foi «capaz de decidir e aplicar medidas que permitiram que hospitais e centros de saúde respondessem, que a educação prosseguisse, que os apoios sociais fossem processados, que fossem garantidos os serviços de toda a ordem da segurança interna à proteção civil e que a vacinação fosse rápida e eficiente».