Saltar para conteúdo

Notícias

2020-09-16 às 18h32

Digitalização melhora produtividade, reduz desperdício e leva conhecimento mais longe

Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, Lisboa, 16 setembro 2020
O Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira afirmou que «a digitalização permite melhorar a produtividade, alargar os mercados, reduzir o desperdício e levar o conhecimento mais longe».

Na apresentação dos dados mais recentes do número de registos em .pt, no Teatro Thalia, em Lisboa, que também contou com a presença do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, e do Secretário de Estado para a Transição Digital, André de Aragão Azevedo, foi destacado o crescimento dos domínios em .pt de 35% em agosto.

A apresentação sublinhou que as empresas de restauração e de serviços domésticos, os ginásios e os projetos de solidariedade social continuam na linha da frente dos registos.

O .PT, responsável pela gestão do domínio de topo português .pt, atingiu um total de 6.843 novos registos diretos em .pt, no mês de agosto, o que representa um crescimento de 35% face ao período homólogo de 2019 e mostra a preocupação dos portugueses em se adaptarem num contexto de pandemia.

Além de agosto, julho – com um aumento de 17,28% em relação ao mesmo período do ano passado – e a primeira quinzena de setembro indicam que o verão poderá fechar com os melhores resultados de sempre.

O Secretário de Estado para a Transição Digital André de Aragão Azevedo, afirmou que «o domínio .pt corresponde a uma afirmação de uma marca nacional de relevo, indutora de credibilidade e de valor acrescentado para qualquer organização ou empresa que nele se registe» e referiu que «é um dos mais seguros».

O Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, salientou a necessidade «de um Portugal com mais Europa e de uma Europa com mais Portugal, em que a tecnologia e o digital deverão estar presentes em todos os aspetos».

A presidente do Conselho Diretivo do .PT, Luísa Ribeiro Lopes, sublinhou que a transição digital é uma prioridade que deve ser acompanhada pelo desenvolvimento das competências dos portugueses: «Num momento de distanciamento social forçado, é fundamental contribuir de forma ativa para a inclusão digital e para a segurança online, através de iniciativas junto dos cidadãos. Temos de trabalhar no que é a utilização mais avançada da Internet, com confiança e segurança».

Para incentivar a inclusão digital e contribuir para uma utilização segura da Internet, o .PT acaba de lançar uma campanha especial, disponível em www.confio.pt, que junta a oferta, por um ano, do selo CONFIO ao registo de um domínio em .pt. O selo CONFIO é um certificado atribuído a websites que cumprem as melhores práticas do mercado digital e da utilização da Internet.