Saltar para conteúdo

Notícias

2020-05-18 às 16h38

Cultura aposta nos espaços ao ar livre para oferecer programação

Ministra da Cultura, Graça Fonseca, na visita ao Museu Nacional de Arte Antiga no Dia Internacional dos Museus, Lisboa, 18 maio 2020 (Foto: Tiago Petinga/Lusa)
A Ministra da Cultura, Graça Fonseca, afirmou que os espaços ao ar livre dos museus e monumentos vão ser aproveitados para oferecer programação ao público.
 
«Há muitos museus e monumentos em Portugal que têm espaços verdes, espaços ao ar livre, e é possível programar desde música, a teatro, leitura. Vamos procurar ter este programa para os próximos meses, para o verão», afirmou.
 
No Dia Internacional dos Museus, na visita ao Museu Nacional de Arte Antiga, Graça Fonseca referiu que Portugal vive uma crise inédita com um «impacto enorme no setor cultural e nos artistas» que vai continuar a sentir-se nos próximos meses.
 
«Vamos ter menos visitantes estrangeiros, o que significa que teremos menos receitas a nível nacional. As estimativas não estão completamente fechadas mas haverá uma quebra muito assinalável», acrescentou, sublinhando a importância de encontrar alternativas.
 
A reabertura de museus e monumentos, inserida na segunda fase do desconfinamento, vai permitir recuperar algum movimento que ajude a inverter a tendência negativa dos últimos meses.
 
«Estamos a tentar construir um programa a nível nacional em que museus e monumentos – para além das exposições, algumas com inauguração prevista para os próximos meses, para além da programação já prevista de exposições – possam ter também uma programação cultural, onde for possível», disse.