Saltar para conteúdo

Notícias

2020-07-27 às 20h59

Cerca de 95% dos focos de incêndio têm sido eliminados na primeira hora

Rescaldo de incêndio, Oleiros, 27 julho 2020 (foto: Paulo Novais/Lusa)
Cerca de 95% dos focos de incêndio têm sido eliminadas na primeira hora, afirmou o Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, o que mostra que a capacidade de combate aos incêndios rurais «é plena», não tendo a pandemia de Covid-19 tido impacto sobre o dispositivo, respondendo a perguntas da imprensa no final da reunião de acompanhamento da estratégia de prevenção e controlo da Covid-19 na Área Metropolitana de Lisboa. 

«O dispositivo respondeu notavelmente neste fim de semana, num quadro de grande exigência», disse, acrescentado que houve, «todos os dias, mais de 120 incêndios por dia, cerca de uma dezena em cada dia assumindo uma dimensão significativa, sobretudo o incêndio de Oleiros, Proença-a-Nova e Sertã com um potencial de risco elevadíssimo».

Sobre este incêndio, Eduardo Cabrita disse que a capacidade de resposta permitiu superar as expectativas da avaliação que estava a ser feita, em que se previa a mobilização do dispositivo até meio da semana. O incêndio deflagrou no sábado em Oleiros, alastrou aos concelhos vizinhos de Proença-a-Nova e Sertã, e foi dominado ao início da manhã de segunda-feira.

O Ministro destacou a «exemplar coordenação de forças» que «permitiu, num incêndio de grande dimensão e com um potencial catastrófico elevadíssimo, uma resposta que manteve as prioridades estratégicas - salvaguarda da vida humana, segurança de bens e estabelecimento de uma estratégia -, o que permitiu, com sucesso, levar a que o incêndio fosse considerado dominado».

Além da grande dimensão deste incêndio, o Eduardo Cabrita apontou a «conjugação plena dos fatores de risco», com temperaturas que chegaram a atingir 43 graus celsius, com ventos superiores a 65 quilómetros por hora e com níveis de humidade de cerca de 20%.

«Neste contexto, a resposta ao incêndio torna-se muito complexa e é compreensível a preocupação das populações», disse.