Saltar para conteúdo

Notícias

2020-05-19 às 20h41

Avaliação da primeira quinzena da situação de calamidade é «prudentemente encorajadora»

Segunda reunião da Estrutura de Monitorização da Situação de Calamidade
Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, na conferência de imprensa após a segunda reunião da Estrutura de Monitorização da Situação de Calamidade, Lisboa, 19 maio 2020 (Foto: João Bica)
O Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, afirmou que a avaliação do ponto de situação feito na segunda reunião da Estrutura de Monitorização da Situação de Calamidade é «prudentemente encorajadora».

Eduardo Cabrita destacou que a análise foi centrada sobretudo no período que acabou no domingo, 17 de maio, no âmbito da intervenção das forças de segurança, da realização de testes e do valor absoluto de incumprimentos.

«Trocámos também impressões sobre estas primeiras 36 horas de uma segunda fase de situação de calamidade», acrescentou o Ministro, sublinhando que Portugal está agora a viver uma nova fase de desconfinamento.

O objetivo da estrutura é agora de «consolidar estes resultados» para garantir o sucesso da estratégia do Governo.

Em resposta às perguntas de jornalistas, Eduardo Cabrita reiterou que é permitida a circulação para a prática de exercício física e prática de desportos individuais, desde que feita «com as regras de distanciamento físico e respeito pelas regras de segurança».

O Ministro disse ainda que «apanhar sol e ar puro é compatível com as regras de distanciamento físico» e que os portugueses devem contribuir para a garantia de que as regras são respeitadas, evitando ajuntamentos que aumentem os riscos de contágio.