Saltar para conteúdo

Notícias

2020-11-17 às 14h45

Assinados contratos para 15 creches com 915 vagas

Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, na assinatura do programa de alargamento da rede de equipamentos sociais, Lisboa, 17 novembro 2020 (foto: João Bica)
Foram assinados 15 contratos para a construção ou reabilitação de creches. No total, são 915 as vagas abrangidas. O investimento será de cerca de 11,1 milhões de euros, dos quais 5,9 milhões de euros são suportados por financiamento público.
 
A cerimónia de assinatura dos três contratos no distrito de Lisboa (246 lugares em Loures e Odivelas) ocorreu no auditório do Instituto da Segurança Social, e foi presidida pela Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho.
 
Os restantes contratos, igualmente assinados esta terça-feira, são relativos a equipamentos de creche nos distritos de Braga (90 lugares em Amares e Vizela), Coimbra (42 lugares em Condeixa-a-Nova), Porto (285 lugares em Paços de Ferreira, Paredes e Vila Nova de Gaia) e Setúbal (252 lugares em Almada e Seixal).
 
Estes contratos foram assinados ao abrigo do Programa PARES 2.0, que conta com uma dotação total de 37 milhões de euros e apoia a construção ou reabilitação de creches nos concelhos em que a taxa de cobertura de creche é inferior a 33%.
 
Para a Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, este é um «marco importante: estes são os primeiros contratos do PARES 2.0 a serem assinados, e inserem-se numa das prioridades assumidas pelo Governo, de alargar o acesso de crianças à creche. Desta forma, assegura-se uma maior conciliação entre a vida profissional e pessoal dos portugueses, nomeadamente nos concelhos onde a taxa de cobertura é mais reduzida».