Saltar para conteúdo

Notícias

2020-11-28 às 18h52

Agrupamento de Torres Vedras premiado por criação de robô inclusivo

Alunos do Clube de Robótica de Torres Vedras no «Robô Oeste» em Janeiro 2020
O Agrupamento de Escolas São Gonçalo, de Torres Vedras, venceu a 2.ª edição do prémio «Portugal, País de Excelência em Engenharia», na categoria de Alunos, lançado pela COTEC Portugal, em parceria com o Ministério da Educação e com a Ordem dos Engenheiros. 

O protótipo de um robô com a forma de humanoide - que através de sensores de vídeo reconhece letras ou palavras escritas que lhe sejam apresentadas, as quais converte posteriormente em Língua Gestual através dos braços, mãos e expressões faciais - valeu ao Projeto TUPI, Todos Unidos pela Inclusão, do Clube de Robótica do agrupamento esta distinção. 

O Ministério da Educação congratula-se com este reconhecimento do Agrupamento de Escolas de São Gonçalo. O Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade obrigatória estabelece como competências essenciais o desenvolvimento do pensamento computacional, também objetivo do Plano de Transição Digital, e da capacidade de aprofundar pensamento criativo, a resolução de problemas, através da integração dos vários conhecimentos disciplinares. Estes projetos são exemplos plenos da política educativa em vigor, ainda mais tratando-se de um projeto que tem a inclusão como pano de fundo.

Entregue no decorrer do evento «Da Tecnologia ao Mercado: Vencer o Vale da Morte da inovação», o galardão para o Clube de Robótica do AE de São Gonçalo traduziu-se ainda na entrega da Distinção Bondalti ao professor Jaime Rei, por ter acompanhado o desenvolvimento do projeto premiado com o 1.º lugar na categoria Alunos e no terceiro lugar na categoria Escolas com o Projeto Robótica na Escola.

O prémio «Portugal, País de Excelência em Engenharia» tem como objetivo promover o espírito científico, a iniciativa e trabalho de equipa, a aprendizagem e o ensino experimental, e as atividades de aplicação de Ciência e Engenharia junto dos alunos do terceiro ciclo do Ensino Básico.

As suas distinções reconhecem alunos, professores e escolas pelas atividades desenvolvidas em aulas experimentais – e/ou de laboratório – a que são equiparáveis atividades realizadas em outros espaços de ensino e aprendizagem como Clubes de Ciência, Clubes de Robótica e outros da mesma natureza.