Saltar para conteúdo

Notícias

2020-07-21 às 13h31

100 municípios já aderiram ao Referencial de Educação para a Segurança, a Defesa e a Paz

Cerimónia de assinatura dos protocolos com os dezasseis municípios do distrito de Leiria para a implementação do Referencial de Educação para a Segurança, a Defesa e a Paz, Leiria, 21 julho 2020
Os protocolos para a implementação do «Referencial de Educação para a Segurança, a Defesa e a Paz» foram já assinados por uma centena de municípios de seis distritos e das áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto.
 
O Ministro da Defesa Nacional presidiu, no Teatro Miguel Franco, em Leiria, à cerimónia de assinatura dos protocolos com os dezasseis municípios do distrito de Leiria: Alcobaça, Alvaiázere, Ansião, Batalha, Bombarral, Calda da Rainha, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Leiria, Marinha Grande, Nazaré, Óbidos, Pedrógão Grande, Peniche, Pombal e Porto de Mós.
 
«O futuro saudável do nosso país exige jovens cidadãos envolvidos no desenvolvimento de políticas públicas», afirmou João Gomes Cravinho, sublinhando que a parceria estabelecida com os municípios e com as comunidades educativas, de norte a sul do país, na construção de uma cultura de defesa, «é, no nosso entender, um dever de cidadania e uma necessidade democrática».
 
Já a Secretária de Estado da Educação, destacou que «a Educação é a curto e longo prazo um importante instrumento da promoção da Paz». Susana Amador entende que, para a Educação, é importante que estes três eixos - Segurança, Defesa e Paz - «tenham um papel estruturante na formação dos alunos».
 
O Referencial é um instrumento fundamental para a difusão de uma cultura de segurança, defesa e paz entre os mais jovens, implementado nas escolas, desde a educação pré-escolar ao ensino secundário, pela comunidade educativa e que resulta da colaboração entre o Ministério da Defesa Nacional e o Ministério da Educação e do trabalho desenvolvido por uma equipa conjunta da Direção-Geral da Educação (DGE) e do Instituto da Defesa Nacional (IDN).
 
Desde 2016, foram assinados protocolos com municípios das áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto e com todos os municípios de Viseu, Vila Real, Viana do Castelo, Castelo Branco e Faro. Com a adesão dos municípios do distrito de Leiria, são já 100 os protocolos assinados, de norte a sul do país.