Saltar para conteúdo

Notícias

2021-05-13 às 14h51

100 balcões para teleconsultas estarão disponíveis até ao final do ano

Secretário de Estado da Saúde, Diogo Serras Lopes, após assinatura de acordos para instalação do balcão SNS24 , Coimbra, 13 maio 2021

O Secretário de Estado da Saúde, Diogo Serras Lopes, afirmou que se estima que sejam instalados, até ao final do ano, cerca de 100 balcões SNS24 destinados à prestação de serviços digitais e de telessaúde.

«Estávamos nos 43 balcões instalados, hoje fazemos mais dez e atingiremos os 100 até ao final de 2021, nas cinco administrações regionais do País», afirmou Diogo Serras Lopes, em Coimbra, após a cerimónia de assinatura de protocolos com dez autarquias da região Centro para a instalação do balcão SNS24 nas juntas de freguesia.

Para o Secretário de Estado, estes balcões «são soluções engenhosas, porque são simples e úteis e não exigem um investimento significativo em termos infraestruturais, mas permitem que as pessoas possam estar mais próximas e evitem deslocações desnecessárias como apenas para marcar consulta ou exame ou fazer renovação de prescrição».

Diogo Serras Lopes referiu que estes espaços vão reduzir a pressão sobre os centros de saúde e unidades de saúde familiar, com vários serviços que passam a poder ser feitos através de uma teleconsulta:

«Não é uma solução de recurso. É uma boa solução para estes territórios. As soluções que tínhamos há cinco anos são diferentes das que temos hoje e das que teremos daqui a cinco anos.  Estamos em constante evolução tecnológica», disse, acrescentando que os recursos humanos «não são infindáveis no Serviço Nacional de Saúde (SNS)».

O Secretário de Estado afirmou também que «é necessário que tenham um SNS cada vez mais eficiente e que possa atender cada vez mais pessoas».

Os balcões, que serão instalados nos edifícios das juntas de freguesia, permitem prestar apoio a quem tem pouca literacia digital ou que não tem acesso a equipamentos tecnológicos ou a internet.