Saltar para conteúdo

Intervenções

2021-04-27 às 15h55

Intervenção do Ministro de Estado e das Finanças na Comissão de Orçamento e Finanças na Assembleia da República

«Quando aqui estivemos na última audição, afirmámos que, neste contexto especialmente grave de pandemia, com fortíssimos impactos económicos e sociais, o Governo não faltaria com o apoio necessário às famílias e às empresas.

Assim sucedeu em 2020, como nessa ocasião demonstrámos, assim continuou a acontecer nos primeiros três meses de 2021.
Encontramos a melhor expressão do cumprimento desse compromisso com os portugueses, nos números revelados esta semana pela Direção Geral do Orçamento.

Nos primeiros três meses do ano, a despesa do país com as medidas extraordinárias de apoio na área da Segurança Social atingiu os 804 milhões de euros, superando o orçamentado para todo ano de 2021 e alcançando 42% de toda a despesa em 2020.

A despesa com o Layoff simplificado – que garante agora 100% dos salários dos trabalhadores -, em conjunto com a despesa com o apoio extraordinário à retoma progressiva de atividade ultrapassou os 502 milhões de euros.

O apoio excecional à família, especialmente utilizado pelas famílias no período mais difícil de confinamento atingiu os 33,8 milhões de euros.
O subsídio por doença Covid19 e o isolamento profilático, alcançou os 100 milhões de euros, um valor equivalente ao 2020 inteiro.»

Leia a intervenção na íntegra