Saltar para conteúdo

Intervenções

2020-12-30 às 10h17

Mensagem do Ministro de Estado e das Finanças sobre a entrada em vigor do Orçamento do Estado para 2021

Já foi promulgado o Orçamento de Estado para 2021. (...)

Já conseguimos ver a luz ao fundo do túnel, mas ainda o temos de atravessar.

Este orçamento foi preparado para ajudar o país a fazer face aos efeitos da Covid-19 e tem 3 grandes prioridades:
  • • combater a pandemia;
  • • proteger o rendimento dos portugueses;
  • • proteger o emprego e recuperar a economia.
Por isso, reforçámos o Serviço Nacional de Saúde com mais de 1000 milhões de euros (...)

A segunda grande prioridade do Orçamento é a proteção e melhoria dos rendimentos dos portugueses.
(...)

O Orçamento do Estado para 2021 tem também como preocupação central não deixar ninguém para trás, por isso reforçámos a proteção social (...)

A proteção do emprego e a recuperação da economia é a 3º grande prioridade.

Está previsto um conjunto de medidas muito ambiciosas de dinamização da atividade económica; de apoio ao emprego e manutenção da capacidade produtiva das empresas(...)

Estas medidas vão dar um contributo fundamental para uma forte recuperação da economia. E dessa forma também para a redução do défice e da dívida pública.

Esta evolução da economia e das finanças públicas contribuirá para dar confiança aos portugueses, demonstrando que o país está no bom caminho, e que segue uma trajetória segura e sustentável.

Leia a mensagem na íntegra

Ministro de Estado e das Finanças sobre a entrada em vigor do Orçamento de Estado 2021