Saltar para conteúdo

Intervenções

2020-03-22 às 14h00

Mensagem de solidariedade do Ministro do Ambiente e Ação Climática a todos os trabalhadores dos serviços e empresas tutelados

Dirijo-me, hoje, a todos os que com o seu trabalho e dedicação continuam a garantir o bom funcionamento dos serviços essenciais no nosso país.

Boa parte desses serviços essenciais são produzidos por homens e mulheres que trabalham em serviços e em empresas, públicas ou privadas, tuteladas direta ou indiretamente pelo meu Ministério.

Foi essa a razão pela qual assinei hoje um despacho que fixa as condições do seu funcionamento, que entrará em vigor às 00h00 de amanhã, segunda-feira.

No abastecimento de água, no tratamento de esgotos, na recolha de lixo. Mas também nos transportes urbanos, na distribuição de eletricidade, de gás e de combustíveis. Bem como na prevenção de fenómenos extremos como as cheias e os incêndios florestais.

A todos vós, o meu sincero agradecimento.

O país não pode parar e não irá parar. E isso depende muito da vossa entrega e do vosso profissionalismo.

Peço-vos toda a cautela, que cumpram as regras de higiene e de proteção que são públicas.

Mas que continuem, pois mais do que nunca, o país e os portugueses dependem do vosso trabalho.

Obrigado, e Saúde para todos