Saltar para conteúdo

Intervenções

2020-08-27 às 18h00

Intervenção do Secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media na Cerimónia de Abertura da 90.ª Feira do Livro de Lisboa

É com grande alegria que participo, este ano, na Cerimónia de Abertura da Feira do Livro, por inúmeras razões, não apenas porque esta iniciativa comemora os seus noventa anos, ou porque, apesar de todos os condicionalismos e adaptações que foram necessários, a Feira do Livro de Lisboa vai acontecer.

Os meus parabéns, por isso, à Câmara Municipal de Lisboa e à APEL por estes meses de trabalho e este esforço de adaptação, que tornou possível a realização da Feira, em condições de segurança para todos os que aqui vêm e todos os que aqui trabalham, em cumprimento das orientações da Direção-Geral da Saúde.

É sempre com grande prazer que regresso à Feira do Livro de Lisboa, enquanto lisboeta e enquanto leitor, mas regressar aqui, este ano, é especial. A Feira do Livro é um momento-chave da cidade e um dos mais relevantes acontecimentos do Livro e da Leitura realizados em Portugal, uma iniciativa de continuidade interrupta, desde que, no ano de 1930, a então Semana do Livro teve a sua primeira edição na Praça D. Pedro V.

Leia a intervenção na íntegra em anexo.
Tags: literatura