Saltar para conteúdo

Intervenções

2021-04-19 às 12h03

Intervenção do Secretário de Estado das Infraestruturas no Lançamento do Plano Ferroviário Nacional

«Gostaria de começar por vos dar as boas-vindas a esta sessão que marca o arranque daquilo que para nós, no Ministério das Infraestruturas e da Habitação, é um importante passo na nossa visão para o futuro do caminho-de-ferro em Portugal: a elaboração do Plano Ferroviário Nacional.

Dotar o País de um Plano Ferroviário Nacional é um desígnio que está no programa do governo e que tem uma enorme importância.

Definir este plano é criar o instrumento fundamental, o instrumento orientador, para que o país afirme em definitivo a relevância do investimento na ferrovia e para que as opções e as prioridades desse investimento sejam o mais estáveis e consensuais possível.

Quando se diz que o país não investe na ferrovia há décadas, pois depois de 1930 praticamente não se construíram novas linhas, constata-se uma triste, mas verdadeira realidade. Com exceção da linha que atravessa a ponte 25 de Abril, entre Campolide e o Pinhal Novo, construída nos anos 90, faz há quase 100 anos, que não se constroem linhas novas em Portugal e, bem pelo contrário, várias linhas foram sendo desativadas.

Desde essa altura, e até há muito pouco tempo, vivemos a época do domínio do automóvel e da rodovia. 

Olhemos, por isso, para a história.»

Leia a intervenção
Tags: ferrovia