Saltar para conteúdo

Intervenções

2020-04-07 às 19h46

Intervenção do Ministro da Defesa Nacional na audição na Comissão de Defesa Nacional sobre a pandemia da Covid-19

«Muito obrigado à Comissão de Defesa Nacional pelo convite para cá estar porque mantém-se obviamente a necessidade de o Governo informar devidamente e responder à Assembleia da República. Tal como disse o Primeiro Ministro: «A democracia não está suspensa».

A resposta a esta crise é liderada pelas estruturas de saúde pública e de proteção civil, e as Forças Armadas estão plenamente mobilizadas para dar um contributo único e insubstituível para um combate que é de toda a sociedade portuguesa. 

Em simultâneo, quero assegurar a todos que a Defesa Nacional está a conseguir encontrar o equilíbrio necessário e exigente entre as novas tarefas no combate à Covid-19 e as missões tradicionais e os compromissos existentes.

Todo o Dispositivo da Defesa Nacional e das Forças Armadas está em estado de elevada prontidão e ativo em todo o território nacional. Os planos de Contingência COVID-19 continuam a ser implementados, com o objetivo primordial de proteger, em primeira linha, o regular funcionamento das Forças Armadas e os seus ativos estratégicos, cuidando de forma muito particular dos seus militares, militarizados e civis».

Leia a intervenção na íntegra