Saltar para conteúdo

Intervenções

2019-12-13 às 18h46

Intervenção do Ministro da Administração Interna na atribuição da certificação de qualidade aos postos da GNR de Fátima e Azambuja

Este momento singelo corresponde a uma das intervenções mais sofisticadas que estamos a desenvolver no âmbito da Guarda Nacional Republicana. E como bem disse o Sr. General Rui Clero, a Guarda Nacional Republicana tem características muito especiais. 

Pela sua qualificação, pela sua presença territorial, pela capacidade que o seu modelo de organização permite, de resposta num prazo sempre muito expedito - como tem demonstrado em situações muito diversificadas.  São características que realçam esta dimensão de forças de segurança modernas e que reforçam um papel que, em Fátima, se compreende bem. Não é um acaso ter sido o posto de Fátima o escolhido para este ensaio que estamos a fazer, para já em dois postos que são certificados. 

Compreendemos bem que a função de segurança interna é muito mais do que uma questão técnico-policial. A função de segurança interna é essencial para o sentimento de segurança coletiva – e nessa medida para o bem-estar da comunidade, num sentido amplo – mas é também essencial para aqueles que se deslocam a Portugal, em peregrinação, como aqui em Fátima se verifica. 

São quase 10 milhões de pessoas por ano que se deslocam aqui a Fátima, ao longo de todo o ano mas sobretudo em momentos entre maio e outubro. A segurança é também essencial para aqueles que querem investir em Portugal, para aqueles que aqui querem investigar, estudar ou apenas passar tempos mais descansados na fase final das suas vidas.

Leia a intervenção na íntegra