Saltar para conteúdo

Intervenções

2021-06-01 às 15h25

Intervenção da Secretária de Estado dos Recursos Humanos e Antigos Combatentes na partida da Força Nacional Destacada - FZZ Lituânia

«Após cuidado treino e aprontamento, é chegado o momento da partida para o teatro de operações. O momento que hoje assinalamos é simbólico para cada um de vós, para as Forças Armadas, para o Governo e para o País.

O cumprimento de mais uma importante missão no flanco leste da Aliança Atlântica reitera o compromisso português com a solidariedade entre aliados. Esta solidariedade pratica-se diariamente entre aliados, mostrando que a segurança dos países Bálticos e de outros nesta região é da maior importância também para o nosso país. Só estaremos seguros, quando ninguém estiver inseguro.

Desde 2015 que Portugal participa nas Assurance Measures da NATO. Durante este período já empenhámos diversas capacidades militares dos três ramos das Forças Armadas, e durante 2021 mantemos o nosso compromisso, destacando uma Força de Fuzileiros para a Lituânia durante os próximos três meses, composta por 146 militares da Marinha portuguesa, integrando capacidades anfíbias, de operações especiais e de mergulho.

Quero, por isso, assegurar-vos da importância da missão que vos foi incumbida para a estabilidade dos mecanismos de segurança em que o nosso país se insere. Aliás, é notório que este exemplo de solidariedade dá já frutos, por exemplo, no âmbito das missões da União Europeia, no empenhamento de militares dos países do leste europeu em teatros africanos, onde os militares portugueses estão também ativos.»

Leia a intervenção na íntegra