Saltar para conteúdo

Intervenções

2021-05-25 às 18h43

Intervenção da Secretária de Estado da Administração Interna no Dia da Proteção Civil do Município de Loulé

«Foi um dia em cheio aquele que passei hoje aqui em Loulé. Tive a oportunidade de assistir, de manhã, à apresentação de um estudo do professor Carlos Martins, que já aqui foi referenciado, que foi o aperitivo para aquilo que se iria seguir durante todo o dia. E percebi o trabalho absolutamente estruturante e fundamental que este município está a conseguir fazer na área da Proteção Civil, na área do socorro, na área da segurança. E também na área do ambiente, que já percebi que é uma área muito cara para o senhor Presidente da Câmara, e ainda bem. Porque, efetivamente, as alterações climáticas e os desafios da meteorologia vão estar - e já estão - na ordem do dia e serão uma das bússolas que vai ter de orientar grande parte da nossa atividade nos próximos anos.

Para quem trabalha há mais de 20 anos na área da Proteção Civil, saio daqui de alma cheia por ver um trabalho honesto e, sobretudo, um trabalho de grande visão e de grande inteligência que está a ser feito aqui neste município. Diria que Loulé é um município seguro, que está no bom caminho. E estendia aqui também, na pessoa do senhor Presidente da Câmara, um cumprimento aos demais autarcas do Algarve, porque o Algarve é um distrito e uma região na linha da frente, do melhor que se tem feito no país em matéria de proteção e socorro. E não podia deixar de me associar nas palavras do senhor presidente aos elogios e à referência que fez ao trabalho do meu amigo Comandante Vaz Pinto - que, se bem me lembro, veio por acidente parar ao Algarve e que aqui ficou e que aqui tem feito, sem dúvida, um trabalho de excelência, não só com todos os autarcas mas sobretudo com todos os corpos de bombeiros desta região e com os demais agentes de Proteção Civil. Porque este é um sistema de inclusão, um sistema onde todos fazem falta, onde ninguém está a mais. A começar nos cidadãos, a passar pelos agentes de Proteção Civil, por todas as associações, como hoje também aqui ficou provado com o destaque que foi feito e o apoio que foi dado às associações de caçadores, que têm também aqui um papel importantíssimo.»

Leia a intervenção na íntegra