Saltar para conteúdo

Intervenções

2020-02-11 às 18h28

Intervenção da Ministra de Estado e da Presidência na Conferência «Healthy Ageing UK–Portugal Forum»

Os mais atentos à realidade política nacional saberão por certo que o atual governo identificou quatro desafios estratégicos: Alterações Climáticas, Sociedade Digital, Desigualdades e Demografia. E o governo não só identificou estes desafios como estratégicos mas também organizou os seus documentos programáticos em torno das ações necessárias para lhes dar resposta, garantindo uma abordagem transversal.

No desafio estratégico da Demografia, o governo estabelece diversos domínios de ação: a natalidade, as migrações e o envelhecimento.

Quando olhamos para as questões demográficas sabemos três realidades:

- Que podemos melhorar os números, mas não vamos inverter esta dinâmica – dimensões culturais e sociais, comuns a todos os países desenvolvidos;

- Que é nas Migrações e não na Natalidade que podemos ter uma resposta mais capaz de ter mudanças com significado;

- Que as políticas públicas têm de responder a esta nova realidade, e não à realidade de 1990: e que há uma dimensão de sustentabilidade dos sistemas de proteção social, mas também uma dimensão muito relevante de novas respostas.

O prolongamento da esperança média de vida e, em particular, o prolongamento da esperança média de vida saudável é uma conquista das economias mais desenvolvidas.
Todos já observámos a facilidade com que se cunham novas expressões: os 30 são os novos 20, os 60 são os novos 50.

Estas expressões revelam o inconformismo - e até negação - com que todos nós, em maior ou menor medida, lidamos com o envelhecimento.

Leia a intervenção na íntegra em anexo.