Saltar para conteúdo

Intervenções

2019-10-28 às 17h37

Intervenção da Ministra da Cultura Sessão de homenagem a Natércia Freire na Biblioteca Nacional de Portugal

«É com enorme prazer e honra que participo nesta sessão de homenagem a Natércia Freire, no dia em que a autora celebraria 100 anos. Ao longo de 2019 temos tido oportunidade de homenagear alguns dos mais importantes autores da literatura portuguesa do século XX. Este foi o ano de Sophia, o ano de Jorge de Sena, o ano de Fernando Namora e, também, o ano de Natércia Freire.

A continuidade de uma cultura é inseparável da sua capacidade enquanto memória. A identidade cultural portuguesa faz-se com esse gesto tão profundamente humano de recordar, de evocar a sua história através dos nomes que a marcaram nas mais diversas áreas da cultura. E Natércia Freire é uma figura a quem a memória e a história da literatura e das artes, em Portugal, muito devem, não apenas pelo seu percurso profissional enquanto escritora e jornalista, mas pelas circunstâncias em que o desempenhou, quando pensar e escrever como ela sempre o fez era um ato de enorme coragem.

Ao longo de vinte anos esteve à frente da página Artes e Letras, do Diário de Notícias, anos profícuos de descoberta de nomes de autores e artistas que viriam, depois, a escrever, em verso, romance ou ensaio grande parte da literatura portuguesa da
segunda metade do século XX».

Leia a intervenção na íntegra