Saltar para conteúdo

Intervenções

2020-10-14 às 18h29

Intervenção da Ministra da Cultura na Cerimónia de Entrega da Medalha de Mérito Cultural a Cruzeiro Seixas

É sempre feliz o dia em que uma Ministra da Cultura tem a honra de entregar esta medalha que reconhece o trabalho de excelência e o percurso exemplar daqueles que com a sua obra ajudaram a construir e a elevar a cultura portuguesa. Mas mais felizes ainda são estas circunstâncias que, hoje, me permitem homenagear e reconhecer um dos maiores artistas portugueses, a dias de cumprir um centenário de vida.

A vida e obra de Cruzeiro Seixas, decano da arte portuguesa e um dos grandes nomes do surrealismo europeu, representam um contributo inegável para a cultura portuguesa. Esta medalha pouco mais pode fazer que se juntar a este longo e intenso testemunho feito em trabalho, um trabalho transversal às disciplinas artísticas, do desenho, da pintura e da escultura, mas também da poesia.

Como escreveu Valter Hugo Mãe, e com grande significado, Cruzeiro Seixas é "um homem com o tamanho de cem anos", numa expressão que captura não apenas esta sua condição centenária, mas também a força criativa, inventiva e sensível que a sua dimensão artística sempre manifestou.

Leia a intervenção na íntegra em anexo.
Tags: cultura, arte