Saltar para conteúdo

Documentos

2021-03-31 às 13h38

Relatório Anual de Segurança Interna 2020

O Conselho Superior de Segurança Interna reuniu-se a 30 de março de 2021, presidido pelo Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, em representação do Primeiro-Ministro, António Costa, para analisar o Relatório Anual de Segurança Interna (RASI) relativo a 2020. 

O RASI foi entregue à Assembleia da República a 31 de março, como estipulado no n.º 3 do artigo 7.º da Lei de Segurança Interna.

O principal facto a assinalar é a descida muito acentuada em 2020, relativamente ao ano anterior, da criminalidade participada, quer a criminalidade geral (-36 817 participações, a que corresponde uma variação de -11%), quer a criminalidade violenta e grave (-1929 participações, o que corresponde a uma variação de -13,4%).

Com efeito, registaram-se em 2020 os valores mais baixos de sempre de criminalidade participada desde que que há registo nestes moldes, o que constitui uma retoma da tendência de decréscimo verificada desde 2009.

No final da reunião, os Ministros da Administração Interna, Eduardo Cabrita, e da Justiça, Francisca Van Dunem, fizeram uma declaração


Leia o relatório na íntegra