Saltar para conteúdo

Documentos

2020-06-30 às 17h02

Dados de atendimento e acolhimento na Rede Nacional de Apoio às Vítimas de Violência Doméstica durante a pandemia

A Rede Nacional de Apoio às Vítimas de Violência Doméstica (RNAVVD) manteve-se em pleno funcionamento durante o período de isolamento social. Foram adotadas medidas que efetivaram a mobilização de meios e recursos no terreno na coordenação de um verdadeiro plano de contingência em matéria de prevenção e combate à violência doméstica. Foi necessário garantir a segurança durante o isolamento. Neste conjunto de medidas enquadra-se o reforço da capacidade de atendimento e informação às vítimas por parte da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género (CIG) que, para além do Serviço de Informação a Vítimas de Violência Doméstica - 800 202 148 (linha telefónica gratuita, funciona 7 dias por semana, 24 horas por dia), passou também a contar com dois novos canais de comunicação – Email: violencia.covid@cig.gov.pt, disponível para vítimas e profissionais, e linha SMS 3060, criada pela Fundação Vodafone, gratuita e sem registo, para que as vítimas possam enviar pedidos de ajuda, por escrito.
 
Nas tabelas abaixo é disponibilizado o reporte do número de atendimentos, acolhimentos e autonomizações da RNAVVD e o número de pedidos de ajuda efetuados junto das linhas de apoio da CIG.
Áreas:
Presidência