Saltar para conteúdo

Comunicados

2020-08-12 às 12h34

Primeiro-Ministro dá as boas vindas à Champions League - Finals 2020 Portugal

O Primeiro-Ministro António Costa assinalou hoje o início da Final a Oito da Liga dos Campeões, dirigindo uma mensagem de boas vindas a todos e expressando a confiança de que será um Torneio de sucesso. 

«Gostaria de dirigir uma mensagem de boas-vindas às oito equipas que vêm a Portugal disputar esta Final Eight da Champions, no fim desta época 2019-2020 tão especial e tão diferente dos anos anteriores», afirmou o Primeiro-Ministro. «Temos em Lisboa as oito melhores equipas de futebol da Europa e desejo que este campeonato seja um grande momento desportivo». 

O Primeiro-Ministro enalteceu a capacidade do País em organizar grande eventos desportivos, e não só, sublinhando que «o País é seguro, tem excelentes condições desportivas, ótimos estádios e instalações» e o trabalho «tem sido articulado de modo exemplar entre o Governo Português, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e a UEFA». 

«É, para nós, uma enorme honra poder acolher esta prova. É, por um lado, a demonstração da extraordinária capacidade de organização de Portugal e da FPF que, desde o Europeu de 2004, já deu boas provas da sua capacidade de organização. Espero que esta seja mais uma demonstração da nossa excelência da capacidade organizativa. Mas é também uma forma de a UEFA nos ter reconhecido como sendo o local mais seguro para a realização desta prova».

O Primeiro-Ministro revelou que o protocolo sanitário e de segurança que determinou e permitiu a organização desta Final em Portugal, foi «trabalhado muito intensamente entre os diversos organismos e a Direção Geral da Saúde», de modo a que todas as regras fossem cumpridas escrupulosamente. 

António Costa afirmou que o Governo Português e a UEFA, em conjunto, entenderam que não havia ainda condições, nesta fase, para que os jogos pudessem ter público dentro dos estádios. E disse compreender a frustração dos adeptos que não podem acompanhar os jogos ao vivo, dentro dos estádios. «Mas quem quiser vir, seja para a Champions, seja passar as suas férias, seja por outro motivo qualquer, é muito bem-vindo a Portugal. E pode sentir-se em Portugal em segurança», concluiu. 
Tags: desporto