Saltar para conteúdo

Comunicados

2020-06-10 às 17h44

Portugal coloca 1505 milhões de euros em dívida

Portugal colocou hoje 1.505 milhões de euros de dívida, com as taxas de juro a regressarem a níveis em linha com o período anterior à pandemia Covid-19.

No leilão de Obrigações do Tesouro a dez anos, foram emitidos 920 milhões de euros a uma taxa de 0,595%, significativamente mais baixa que a registada na emissão de maio (0,852%) e a aproximar-se do custo de financiamento de março (0,426%). 
Na emissão da OT a seis anos, o encaixe foi de 585 milhões de euros a uma taxa de 0,137%, novamente inferior ao leilão comparável de abril (0,843%). 

Esta redução das taxas de juro acontece um dia depois de o Governo ter apresentado o Orçamento Suplementar para 2020, onde se estima que, após 4 anos de descida sustentada, o rácio da dívida pública apresente um aumento significativo este ano, em virtude dos efeitos da pandemia sobre a atividade económica e o endividamento das Administrações Públicas. 
 
O sucesso deste duplo leilão mostra a confiança dos investidores na continuidade da política orçamental e na sustentabilidade das finanças públicas, decorrente do trajeto de confiança conquistado nos últimos 5 anos. 
Áreas:
Finanças