Saltar para conteúdo

Comunicados

2020-06-12 às 9h45

Número recorde de candidaturas para financiamento de programas de inovação em turismo

Envolvendo um financiamento de 1,2 milhões euros, a Call para o desenvolvimento de programas de ideação, aceleração e inovação lançada pelo Turismo de Portugal registou um número recorde de 35 candidaturas, promovidas por 16 promotores.

Os programas de aceleração permitirão às startups participantes melhorar os seus modelos de negócio, identificar novos clientes e potenciais investidores. Já os programas de ideação serão desenvolvidos em parceria com a rede de Escolas do Turismo de Portugal, com o objetivo de dinamizar ideias de negócio no turismo, em todas as regiões do país.

Os programas selecionados irão possibilitar o desenvolvimento de projetos por todo o país, visando a valorização dos recursos e produtos endógenos dos territórios, a apresentação de soluções digitais para empresas e destinos, assim como soluções que possam dar resposta aos desafios da sustentabilidade, da personalização e da experiência seamless ao longo do ciclo de viagem do turista.

O Turismo de Portugal iniciou esta iniciativa em 2016 e nas três edições anteriores foram apoiados programas de ideação e aceleração que envolveram 897 startups e projetos, totalizando um investimento de 5,1 milhões de euros, a que correspondeu um incentivo de 3 milhões de euros.

Entre as diversas medidas lançadas dirigidas ao turismo, no âmbito da pandemia Covid-19, foi ainda aberta a Call Fostering Innovation in Tourism, pela Portugal Ventures. A Call investe em projetos de turismo na fase pré-seed, Non-Tech e Tech, com potencial para contribuir para o desenvolvimento da oferta turística do país, para aumentar a competitividade das empresas no setor e para melhorar a experiência do turista e aumentar o seu grau de satisfação.

Foram recebidas 30 candidaturas, incluindo 24 projetos de Turismo Tech, no âmbito desta Call, destacando-se o caráter internacional dos candidatos. Para além de 18 empreendedores nacionais, as candidaturas incluem 12 empreendedores brasileiros, e ainda empreendedores de mais 5 países. Após avaliação, alguns destes projetos serão objeto de investimento pela Portugal Ventures, até ao limite de 100 mil euros por projeto.

A Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, salienta que «a situação de exceção que atualmente se enfrenta impõe que hoje, mais do que nunca, se deva inovar, transitando-se para novos modelos de Economia Circular, Ecoeficiência e Digitalização». «Estas iniciativas demonstram que estamos empenhados em construir um destino turístico inovador, comprometido com o turismo do futuro», acrescenta.