Saltar para conteúdo

Comunicados

2020-06-03 às 15h09

Não há ventiladores «perdidos na China»

O Ministério da Saúde nega liminarmente que «887 ventiladores» estejam «perdidos na China», como é hoje noticiado.

Chegaram, aliás, hoje a Portugal mais 108 ventiladores.

O Ministério da Saúde, através da ACSS, adquiriu um total de 1151 ventiladores.

À data de hoje, um total de 942 ventiladores (invasivos e não invasivos) já foram entregues na embaixada de Portugal em Pequim – resultantes de aquisições da ACSS e de doações – e 646 ventiladores já foram transportados para Portugal, através de voos contratualizados pelo Ministério da Saúde.

Até ao próximo dia 6 de junho, chegarão ao nosso país, em voos operados pela TAP, mais 296 ventiladores. Assim, com a chegada destes equipamentos, Portugal passará a contar com mais 707 ventiladores adquiridos pela ACSS, ou seja, 61% do total das compras efetuadas.

Como é sobejamente conhecido, o súbito e simultâneo aumento da procura global por equipamentos médicos, provocou o alargamento dos prazos de entrega dos ventiladores adquiridos, obrigando a ACSS a um acompanhamento atento de todo o processo logístico tendo em vista a sua entrega.

Todos os equipamentos adquiridos, ou em utilização no Serviço Nacional de Saúde, foram previamente validados pela Comissão de Acompanhamento da Resposta Nacional de Medicina Intensiva, sendo também todos os equipamentos sujeitos a testes mecânicos, bem como a testes clínicos.
Áreas:
Saúde