Saltar para conteúdo

Comunicados

2020-05-11 às 18h05

Governo promove reunião sobre a Linha da Azambuja

O Ministério das Infraestruturas e da Habitação vai promover nos próximos dias uma reunião sobre as condições de transporte dos passageiros que utilizam a Linha da Azambuja, nomeadamente todos aqueles que trabalham nas empresas de logística da região.

Para esta reunião, que contará com a presença do Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, e do Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares e coordenador regional de Lisboa e Vale do Tejo do combate à pandemia da covid-19, Duarte Cordeiro, serão também convocadas as empresas CP e IP, bem como a Câmara da Azambuja e os representantes das empresas da plataforma logística.

Relativamente à Linha da Azambuja, o ministério gostaria desde já de dar nota daqueles que têm sido os dados da lotação nestes comboios em hora de ponta.

Tomando como exemplo o dia de hoje, 11 maio de 2020, o comboio 16001, que é o primeiro comboio a chegar à estação do Espadanal (a que serve a plataforma logística da Azambuja) vindo de Lisboa, trazia 108 pessoas a bordo, numa automotora que tem capacidade para 700 pessoas (15,4%, um valor muito inferior aos 2/3 permitidos por lei). Esta tem sido aliás a média de lotação dos comboios que servem nesta linha à hora de ponta.

Importa esclarecer ainda que, mesmo antes da pandemia e já depois da inclusão do passe único, a média de lotação destes comboios já era inferior a 50%.