Saltar para conteúdo

Comunicados

2020-07-30 às 18h45

Governo paga 48 milhões de euros de complemento de estabilização

A Segurança Social pagou esta quinta-feira [30 de julho]  48 milhões de euros ao abrigo do complemento de estabilização, uma prestação criada pelo Governo para compensar os trabalhadores que registaram uma perda salarial por terem estado em situação de layoff.

Este complemento foi atribuído aos trabalhadores que registaram uma perda salarial entre a remuneração declarada no mês de fevereiro e o mês completo em que estiveram abrangidos pelo layoff em que tiveram maior quebra. Foram abrangidos os trabalhadores com remuneração base acima de um salário mínimo nacional (635 euros) e até 2 salários mínimos (1.270 euros).

O complemento tem um valor mínimo de 100 euros e um valor máximo de 351 euros.

Este pagamento resulta da confirmação dos valores das declarações de remuneração entregues à Segurança Social relativas aos meses em layoff.