Saltar para conteúdo

Comunicados

2020-06-03 às 16h58

Defesa Nacional reabilita computadores para doar à Rede Nacional de Apoio às Vítimas de Violência Doméstica

A Defesa Nacional renovou perto de uma centena de computadores (99) do seu parque informático para entregar a diversas entidades. 

Na sequência da solicitação da Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Rosa Monteiro, a Secretaria-Geral do Ministério da Defesa Nacional identificou, em articulação com a Marinha, com o Exército e com a Força Aérea, uma lista de artigos em condições de funcionamento, para poderem ser reabilitados e disponibilizados. Parte destes equipamentos (49) tem como destinatárias estruturas de acolhimento da Rede Nacional de Apoio às Vítimas de Violência Doméstica. Os restantes serão distribuídos a outras entidades, consoante necessidades identificadas.

A este propósito, a Secretária de Estado de Recursos Humanos e Antigos Combatentes, Catarina Sarmento e Castro referiu que a atuação da área da Defesa Nacional "se tem pautado pela ideia de que não deixamos ninguém para trás e por isso respondemos de imediato este apelo", acrescentando que "com estes equipamentos, pretende-se continuar a apoiar o trabalho particularmente relevante que está a ser desenvolvido na resposta às populações com especiais necessidades, sobretudo no contexto exigente de combate à pandemia da Covid-19, em todo o país.". A Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro, adianta que "esta doação vai permitir reforçar as estruturas de acolhimento da RNAVVD com mais equipamentos informáticos, facilitando o acesso de mulheres e crianças em idade escolar. Da mesma forma, a doação de EPI’s e álcool gel vai agilizar a atuação das equipas técnicas das estruturas de atendimento e acolhimento, das quais fazem parte 600 pessoas. Esta parceria inclui-se numa vasta rede de organizações públicas e empresas privadas que têm colaborado com a Rede de Apoio, doando não só equipamento informático, mas também bens essenciais." Entre o material disponibilizado, incluem-se também alguns equipamentos de proteção individual (EPI), nomeadamente máscaras reutilizáveis e gel desinfetante, produzido pelo Laboratório Militar de Produtos Químicos e Farmacêuticos (LMPQF).

A entrega destes equipamentos foi assinalada esta manhã, em Lisboa, na presença das Secretárias de Estado, do Secretário-Geral e do Secretário-Geral Adjunto do Ministério da Defesa Nacional, do Comodoro Bento Manuel Domingues, Superintendente das Tecnologias de Informação da Marinha, do Brigadeiro-General Francisco Bento Soares, Diretor de Comunicações e Sistema de Informações do Exército e do Brigadeiro-General Armando Barros, Diretor de Comunicações e Sistemas de Informação da Força Aérea.