Saltar para conteúdo

Comunicados

2021-05-04 às 9h42

«Declaração de Lisboa em Investigação e Inovação em Humanidades» lançada durante a Conferência Europeia das Humanidades

A «Declaração de Lisboa em Investigação e Inovação em Humanidades» é lançada durante a Conferência Europeia das Humanidades, que decorre no âmbito da Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia, entre quarta e sexta-feira, de 5 a 7 de maio, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, e com transmissão em direto, e conta com a participação através de mensagem gravada, na sessão de abertura, pelas 9 horas, do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor. 

Tendo em vista a sua assinatura até ao fim deste ano por países, instituições de ensino superior, sociedades cientificas e outras instituições envolvidas, a «Lisbon Declaration on Humanities Open Research and Innovation» prevê o reforço da ciência aberta, da mobilidade de investigadores e estudantes e da interdisciplinaridade, no sentido de um desenvolvimento científico, económico e social assente numa maior interação entre Humanidades e Ciências em todos os graus de Ensino até ao Doutoramento.

Nesse sentido o enfoque da Conferência Europeia das Humanidades será a necessidade de as disciplinas das Humanidades e das Ciências serem fundamentais para a tomada de decisões e definição de políticas públicas.

Trata-se de uma conferência organizada pela UNESCO, pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia e pelo Conselho Internacional para a Filosofia e as Ciências Humanas e conta a participação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, a Diretora-Geral da UNESCO, Audrey Azoulay, da Comissária Europeia para Inovação, Investigação, Cultura, Educação e Juventude, Mariya Gabriel, e do Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva.