Saltar para conteúdo

Comunicados

2019-12-21 às 11h19

Concurso garante 482 vagas para todos os médicos recém-especialistas

O concurso de 2.ª época de 2019 para médicos recém-especialistas foi publicado em Diário da República, com a autorização de um total de 482 postos de trabalho, dos quais 120 para médicos de família, 16 na área da saúde pública e 346 na área hospitalar. Trata-se de um número recorde de vagas para um concurso de 2.ª época e que garante a colocação de todos os recém-especialistas. 

No prazo legal previsto, o despacho dos ministérios da Saúde, das Finanças e da Modernização do Estado e da Administração Pública vai permitir reforçar os serviços hospitalares em 346 postos de trabalho, nomeadamente em especialidades como a Medicina Interna, com 40 vagas, anestesiologia (33 vagas), pediatria (28 vagas), ginecologia-obstetrícia (21), oftalmologia (16), ortopedia (14), entre outras.

No início de 2020, o Serviço Nacional de Saúde poderá também ser reforçado com mais 120 especialistas em medicina geral e familiar, que permitirão aumentar a cobertura da população com médico de família.

Este procedimento concursal considera ainda uma distribuição geográfica que pretende reduzir as carências em zonas com maior necessidade de reforço de cuidados. 

Na área de saúde pública foram identificados 16 postos de trabalho, número superior ao total de médicos que concluíram agora a especialidade com aproveitamento, pretendendo-se assim captar especialistas que, estando fora do SNS, possam ter interesse em regressar.

Podem candidatar-se ao concurso os médicos detentores do grau de especialista na área profissional correspondente e que não detenham uma relação jurídica de emprego por tempo indeterminado com o Estado.

Áreas:
Saúde