Saltar para conteúdo

Comunicados

2020-10-22 às 19h27

Computação avançada em debate: Portugal prepara instalação de um novo supercomputador no Minho

A evolução da área da computação avançada em Portugal e o progresso da utilização do supercomputador instalado no Minho em 2019, assim como da estratégia nacional de computação avançada, são debatidas esta sexta-feira, dia 23 outubro na conferência Advanced Computing Portugal 2030 que se realiza no Campus de Azurém da Universidade do Minho, com transmissão online. 

O evento conta com a participação (via Zoom) do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, na sessão de abertura (11 horas) e de encerramento (13 horas), assim como do Diretor da DG Connect da Comissão Europeia, Khalil Rouhana, e de um conjunto de cientistas, empresários e utilizadores de computação avançada.

A estratégia nacional de computação avançada, Advanced Computing Portugal 2030, foi lançada após Portugal ter sido um dos países promotores da Declaração de Roma de abril de 2017, estando a ser implementada como um processo dinâmico e evolutivo que visa promover e expandir a Ciberinfraestrutura Avançada (ACI) em Portugal por um fator de 1000 até 2030. Prevê o desenvolvimento da computação científica avançada e o processamento de dados de forma eficaz e diversificada, quer pelas comunidades académicas e científicas, quer pela indústria e em todas as áreas do conhecimento e da economia, na saúde, clima, energia, mobilidade e no estudo dos processos sociais. 

A estratégia nacional de computação avançada representa um dos instrumentos que Portugal tem levado a cabo no sentido de desenvolver no país a área da computação avançada e reforçar as competências digitais dos portugueses.

A conferência, organizada pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia no âmbito do Programa Portugal Digital e da Iniciativa INCoDe.2030, tem como objetivo avaliar, em particular,  a evolução do processo de instalação do FCT/MACC - Minho Advanced Computing Center e a participação de Portugal na iniciativa EuroHPC – European High Performance Computing, assim como o nível de utilização do 1º cluster de supercomputadores BOB, em operação desde 2019 no MACC (em Riba D`Ave, no Minho). O evento incluirá ainda a apresentação dos planos em curso para a instalação de um segundo supercomputador em Portugal, o Deucalion, o qual será instalado em 2021 no âmbito da iniciativa Europeia EuroHPC.