Saltar para conteúdo

Comunicados

2020-09-17 às 17h44

Ana Cristina Miranda Perdigão designada para diretora da Agência Nacional Erasmus+ Educação e Formação

A nova diretora terá como missão preparar a Agência Erasmus+ para uma nova fase de construção europeia e de reforço da posição de Portugal nas redes europeias de ensino e formação, para além de promover a transição entre o atual Programa Erasmus+, cujo término será no final deste ano, e o próximo Programa Erasmus+ para o período 2021-2027, visando fortalecer o papel da Agência no aumento da mobilidade de estudantes do ensino superior, de Portugal para o estrangeiro e do estrangeiro para Portugal, reforçando e diversificando o atual padrão de mobilidade e países de origem e destino dos estudantes.

Pretende-se também reforçar a atração de estudantes luso-descendentes para as instituições de ensino superior portuguesas, reforçar e modernizar a cooperação entre as instituições de ensino superior nacionais e as congéneres europeias para a mobilidade de estudantes e docentes, incentivar a constituição e a participação nas redes europeias de instituições de ensino superior no âmbito da iniciativa «Universidades Europeias», promover parcerias estratégicas para a mobilidade entre operadores nacionais e europeus de ensino e formação profissional e implementar mecanismos regulares de monitorização e divulgação da gestão do Programa a nível nacional e de divulgação pública da correspondente informação.

Nota curricular


Ana Perdigão é licenciada em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa e Mestre em Estudos Europeus – Dominante Jurídica pelo Instituto de Estudos Europeus daquela instituição.

Foi Vice-Presidente do Instituto Politécnico de Lisboa (IPL) no qual assumiu a responsabilidade pelas áreas da internacionalização, académica e da qualidade e acreditação. Entre 2009 e 2012 foi Vice-Presidente do Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa (ISCAL), onde foi responsável pelas unidades curriculares de Direito da União Europeia, Direito Europeu da Concorrência e Direito Processual Civil.

Enquanto Vice-Presidente do IPL e para além de outras funções, foi responsável pela definição e implementação da estratégia conducente à execução do Programa Erasmus+, garantindo a qualidade das atividades de cooperação europeia e internacional realizadas no âmbito do programa no IPL. Supervisionou a execução de ações de mobilidade de estudantes, estágios de estudantes e docentes, assim como do programa Erasmus Mundus Joint Masters Degree e na participação em diversos projetos, nomeadamente nas áreas de «Cooperation for innovation and the exchange of good practices», «Knowledge Alliances» ou «Capacity Building», entre outros.