Saltar para conteúdo

Notícias

2019-09-02 às 15h14

Terceira Loja de Cidadão de Lisboa abre no Saldanha

Abriu ao público, no dia 2 de setembro, a terceira Loja de Cidadão na cidade de Lisboa, localizada no Mercado 31 de janeiro, no Saldanha.

20 anos após a inauguração da primeira Loja de Cidadão no país, também em Lisboa, mas nas Laranjeiras, este espaço assumirá uma nova centralidade, constituindo-se como um dos principais locais de prestação de serviços públicos neste município.

São novidades no atendimento desta Loja a distribuição antecipada de senhas, bem como a existência de uma equipa de mediadores da Câmara Municipal de Lisboa, que prestará auxílio no encaminhamento dos cidadãos para as entidades ou serviços que pretendem.

Esta infraestrutura disponibilizará balcões da Autoridade Tributária, Instituto da Segurança Social, Instituto de Registos e Notariado,  Instituto da Mobilidade e dos Transportes, Espaço Cidadão, Iniciativa Lisboa, Gebalis, Carris e EMEL, reunindo serviços como o pedido ou renovação do cartão de cidadão e do passaporte,  a revalidação/alteração da carta de condução, a obtenção de registo criminal, a entrega de documentos de despesas para a ADSE ou a requisição do cartão Lisboa VIVA.

Conceito e número de Lojas no País

As Lojas do Cidadão são um modelo integrado de prestação de serviços presenciais que, além de proporcionarem conforto e comodidade aos cidadãos, permitem tratar de vários assuntos num mesmo espaço, com ganhos de tempo e de custos de deslocação, partilhando também recursos, infraestruturas e plataformas, potenciando a eficiência e redução de custos do Estado. Atualmente, existem 56 Lojas de Cidadão, tendo 20 sido abertas desde 2015, das quais três em 2019, contando já com a infraestrutura do Saldanha.

A empreitada de adaptação do edifício teve como responsáveis a Agência para a Modernização Administrativa e o município de Lisboa. Com um investimento de 2,2 milhões de euros, a Loja de Cidadão do Saldanha terá 154 funcionários e dezenas de serviços, não só da administração central, como também local. Estima-se que esta Loja atenda, anualmente, mais de 700 mil cidadãos, o que a posicionará como uma das cinco Lojas com mais atendimentos no País.