Parceria para a Investigação e Inovação na Região Mediterrânica apresentada em Lisboa - XXI Governo - República Portuguesa

Notícias

2018-02-06 às 12h17

Parceria para a Investigação e Inovação na Região Mediterrânica apresentada em Lisboa

A Parceria para a Investigação e Inovação na Região Mediterrânica é apresentada publicamente numa sessão presidida Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, no dia 7 de fevereiro, a partir das 9h30, no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa.

Na sessão serão anunciados os primeiros concursos para projetos de investigação colaborativa no âmbito da Parceira e apresentadas as experiências em curso de colaboração transnacional no plano euro-mediterrânico. 

A Parceria para a Investigação e Inovação na Região Mediterrânica (PRIMA, na sigla inglesa) é um programa de financiamento de 10 anos, com 440 milhões de euros divididos entre contribuições dos países participantes e da União Europeia, através do Programa Quadro para a Ciência e Inovação H2020.

Destina-se a apoiar Investigação e Desenvolvimento em três áreas: 

gestão sustentável da água em áreas áridas e semiáridas do Mediterrâneo; 

sistemas agrícolas sustentáveis; e 

cadeia de valor alimentar no desenvolvimento regional e local mediterrânico. 

A Parceria foi lançada na 2.ª Conferência Ministerial Euro-Mediterrânea, em maio de 2017, em La Valeta, Malta, com a Declaração sobre Fortalecimento da Cooperação Euro-Mediterrânea através da Investigação e Inovação.

A PRIMA visa um esforço crescente de diplomacia e cooperação científicas entre a Europa e os países do Mediterrâneo tendo como propósito transformar a região numa área de desenvolvimento económico sustentável e de intercâmbios culturais.

Além de Portugal, esta iniciativa conta com a participação dos seguintes países: Alemanha, Argélia, Chipre, Croácia, Egipto, Eslovénia, Espanha, França, Grécia, Israel, Itália, Jordânia, Líbano, Luxemburgo, Malta, Marrocos, Tunísia e Turquia.