Governo antecipa pagamento na totalidade dos seis quadros de Vieira da Silva - XXI Governo - República Portuguesa

Notícias

2017-12-28 às 16h27

Governo antecipa pagamento na totalidade dos seis quadros de Vieira da Silva

Ministro da Cultura, Luís Filipe de Castro Mendes
O Governo antecipou o pagamento integral - 5,55 milhões de euros - dos seis quadros da pintora Maria Helena Vieira da Silva, uma das mais prestigiadas artistas portuguesas do século XX.

O protocolo celebrado em 9 de agosto de 2011 entre o Estado Português, a Fundação Arpad Szènes - Vieira da Silva e os herdeiros do colecionador Jorge de Brito, atribuiu ao Estado Português o direito de opção de compra de seis pinturas de Maria Helena Vieira da Silva objeto de comodato, pelos valores estabelecidos no protocolo, num total de 5,55 milhões de euros.

O Estado torna-se assim proprietário das obras "Novembre" (1958), "La Mer" (1961), "Au fur et à mesure" (1965), "L’Esplanade" (1967), "New Amsterdam I" e "New Amsterdam II" (1970) , que estão expostas no Museu Arpad Szènes - Vieira da Silva, em Lisboa, assegurando a manutenção das mesmas no País e à fruição pública.

O acordo alcançado entre o Ministério da Cultura e os proprietários das obras previa o pagamento dividido em três prestações. A primeira tranche, de três milhões de euros, deveria ser paga até ao final do ano corrente e as seguintes em 2018 e 2019. O pagamento agora efetuado na totalidade do valor acordado permite ao Estado poupar os juros compensatórios associados ao decorrer do contrato.
Tags:
cultura, pintura
Áreas:
Cultura