Empregos criados devem ser «de qualidade, com bons salários e estabilidade» - XXI Governo - República Portuguesa

Notícias

2018-06-29 às 15h21

Empregos criados devem ser «de qualidade, com bons salários e estabilidade»

Ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, José António Vieira da Silva
O Ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, José António Vieira da Silva, afirmou que os empregos criados em Portugal também devem ser «de qualidade, com bons salários e estabilidade».
 
No dia em que o Instituto Nacional de Estatística divulgou que a taxa de desemprego desceu para 7,2% em abril, o valor mais baixo desde novembro de 2002, o Ministro destacou que Portugal continua a precisar «de mais empregos e maior crescimento».
 
«Este é um objetivo que não se pode perder de vista», realçou Vieira da Silva, destacando que pela primeira vez desde há muitos anos, os valores de Portugal são idênticos à média da União Europeia «e já claramente abaixo da zona euro».
 
«Precisamos de crescer mais e continuar este caminho de recuperação de emprego, que é a chave para todo o desenvolvimento do País», reiterou o Ministro, ressalvando que os níveis de emprego ainda estão ao nível dos que existiam em 2010. «Ou seja, estamos ainda longe de atingir o valor que tínhamos antes da crise, o que quer dizer que há muito trabalho a fazer», acrescentou.
 
O Ministro afirmou que os números demonstram uma tendência muito positiva no mercado de trabalho, refletindo a «mudança muito profunda que se verificou nos últimos anos» e que se reflete na criação de 290 mil empregos desde o final de 2015.