Crescimento da atividade económica e do emprego decisivo nas contas públicas - XXI Governo - República Portuguesa

Notícias

2019-01-25 às 17h11

Crescimento da atividade económica e do emprego decisivo nas contas públicas

Ministro das Finanças, Mário Centeno
O saldo das contas públicas em 2018 melhorou 475 milhões de euros face a 2017, ao registar um saldo de -2083 milhões de euros explicado por um crescimento da receita (5,2%) superior ao aumento da despesa (4,5%).

Um comunicado do gabinete do Ministro das Finanças refere que «o crescimento da receita traduz o crescimento da atividade económica e do emprego», uma vez que se registou uma evolução positiva da receita fiscal apesar da redução das taxas de IRS e da manutenção das principais taxas de imposto.

O forte crescimento do emprego em 2018, que se seguiu a um também forte crescimento em 2017, também foi decisivo para o aumento da receita de contribuições para a Segurança Social de 7,6%.

O aumento da despesa de 4,5% é explicado pelo «forte aumento da despesa do Serviço Nacional de Saúde», pelo «elevado crescimento de 17,1% do investimento público na Administração Central e Segurança Social» e pelas «despesas com prestações sociais», com destaque para a prestação social para a inclusão e o aumento do abono de família.

A nota do gabinete do Ministro das Finanças realçou ainda as despesas com pessoal, pensões, e o investimento e aquisição de bens e serviços. Neste último, destacou o «forte crescimento em empresas na área dos transportes como a Metropolitano de Lisboa (+33,7%) e a Infraestruturas de Portugal (+34,2%).