«Algarve tem de se virar mais para o investimento no interior e no património» - XXI Governo - República Portuguesa

Notícias

2018-09-10 às 16h06

«Algarve tem de se virar mais para o investimento no interior e no património»

Ministro da Cultura visita as obras do Castelo de Paderne
Ministro da Cultura, Castro Mendes, visita as obras de recuperação do Castelo almoada de Paderne, Albufeira, 10 setembro 2018 (Foto: Filipe Farinha/Lusa)
O Ministro da Cultura, Luís Filipe de Castro Mendes, afirmou que o «Algarve tem de se virar mais para o investimento no interior e no património», durante uma visita ao Castelo de Paderne, em Albufeira.
 
Castro Mendes sublinhou que é o interior da região e o seu património histórico que servem cada vez mais como fator de atratividade para os turistas e que estabelece a distinção para as outras regiões do mundo.
 
A Torre Albarrã do Castelo de Paderne foi requalificada recentemente e foi dada como um exemplo deste investimento por parte do Ministro da Cultura. 

O castelo, fundado pelos almóadas no século XII, é uma pequena fortificação rural de caráter defensivo, cujas muralhas foram construídas exclusivamente através de um processo designado taipa militar, que praticamente já não é utilizado mas que foi replicado na intervenção efetuada na Torre Albarrã.
 
O processo de reabilitação do castelo vai ter uma segunda fase, com um valor de investimento a rondar os 400 mil euros e que tem o objetivo de recuperar a muralha nascente do castelo, protegendo-a da erosão.
 
O Ministro sublinhou que este monumento é muito raro e que é essencial haver uma conjugação de vários esforços – como a construção de melhores acessos ao castelo – para que património como este possa estar adequadamente valorizado.
 
Este esforço inclui o Estado, através da mobilização dos fundos regionais, as autarquias, através da criação de condições de acessibilidade, animação e valorização do património e dos mecenas, «que felizmente aparecem para apoiar» estes projetos.

Tags:
património
Áreas:
Cultura