Inauguração da Coleção António Cachola assinala 5 de Outubro - XXI Governo - República Portuguesa

Notícias

2018-10-05 às 17h56

Inauguração da Coleção António Cachola assinala 5 de Outubro

PM António Costa na Inauguração da Arte em São Bento – Coleção António Cachola 2018, Palácio de São Bento, Lisboa, 5 outubro 2018 (Foto: Rodrigo Antunes)

«Já estivemos no Porto, estamos agora em Elvas e, a partir do próximo ano, estaremos aqui com a representação de uma outra grande coleção de arte contemporânea portuguesa, a coleção Norlinda e José Lima, de São João da Madeira», referiu o Primeiro-Ministro, António Costa, no final de uma visita à Coleção António Cachola 2018, atualmente em São Bento.

Este é o segundo ano consecutivo que a residência oficial do Primeiro-Ministro recebe uma seleção de obras de arte portuguesa contemporânea, de pintura, fotografia e escultura.

As 50 obras, da autoria de 33 artistas portugueses, podem ser vistas nas paredes das principais salas da residência oficial, que estará aberta para visitas todos os domingos até ao final do ano.

«Tal como fizemos o ano passado, decidimos que a melhor forma de comemorar o 5 de Outubro é com uma homenagem à nossa cultura e à cultura contemporânea», afirmou o António Costa, acrescentando que «é importante que também a partir de Lisboa se conheça o resto do País» e a «representação cultural» fora dele.

O Primeiro-Ministro destacou ainda o trabalho do curador, João Pinharanda, por ter organizado a coleção e o desafio que foi «não para a exibir num museu, não para a exibir numa galeria, mas para a exibir num espaço que é de trabalho, um espaço de representação».

João Pinharanda, por sua vez, explicou que «cada espaço foi pensado com humor, alguma ironia», mas que «tudo foi muito bem aceite» por António Costa.

A coleção de arte contemporânea Norlinda e José Lima, de São João da Madeira, será a  exposição patente no próximo ano na residência oficial do Primeiro-Ministro, em Lisboa, no âmbito da iniciativa Arte em São Bento.

Tags:
arte, cultura