A inovação tem de ser o novo normal da Administração Pública - XXI Governo - República Portuguesa

Notícias

2018-06-27 às 11h21

A inovação tem de ser o novo normal da Administração Pública

Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, no terceiro encontro «Construir hoje a Administração Pública do futuro», Lisboa, 27 junho 2018 (Foto: Paulo Vaz Henriques)
«A inovação tem de ser uma mudança de cultura, uma nova maneira de fazer as coisas», afirmou a Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, na abertura do terceiro dos encontros «Construir hoje a Administração Pública do futuro», na qual estiveram também presentes o Primeiro-Ministro António Costa e o Ministro das Finanças, Mário Centeno.

A Ministra acrescentou que a inovação «tem de estar no ADN das vossas organizações. No ADN de toda a Administração Pública, desde a gestão interna do dia-a-dia dos serviços, à prestação de serviços aos cidadãos em front-office», neste terceiro encontro, subordinado ao tema «Inovação da gestão da Administração Pública», que se realizou em Lisboa.

Maria Manuel Leitão Marques justificou por que «falamos hoje de forma tão insistente de inovação»: «Primeiro, porque os utilizadores dos nossos serviços nos pressionam e nos exigem mais e melhores serviços públicos; segundo, porque as tecnologias assim o permitem, e cada vez estão ao dispor da melhoria da eficiência dos nossos serviços; e terceiro e último, porque precisamos de ganhar eficiência. Os desafios que se colocam à Administração Pública, já não são resolúveis com os métodos a que nos habituamos no passado. E a escassez de recursos humanos e financeiros, é uma realidade com que temos de continuar a lidar».

A Administração Pública pode ser mais inovadora, «primeiro, incorporando mais conhecimento», «segundo, experimentando novas soluções», referindo nomeadamente o LabX, e «em terceiro e último lugar, podemos ser mais inovadores atraindo novas ideias, de dentro e de fora da Administração Pública», disse ainda a Ministra.