49.ª Olimpíada Internacional de Física em Portugal com 396 alunos de 86 países - XXI Governo - República Portuguesa

Notícias

2018-07-30 às 10h16

49.ª Olimpíada Internacional de Física em Portugal com 396 alunos de 86 países

Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, entrega o prémio de vencedor absoluto a Yang Tianhua, Lisboa, 29 julho 2018
A Olimpíada Internacional de Física/International Physics Olympiad (IPhO 2018) teve lugar pela primeira vez em Portugal, em Lisboa, de 21 a 29 de julho. Participaram, nesta 49.ª edição da Olimpíada, 396 alunos finalistas do ensino secundário de 86 países.

O evento foi organizado pela Sociedade Portuguesa de Física, sob a égide do Ministério da Educação, que desde a primeira hora apoiou a iniciativa, acompanhada pela Direção-Geral da Educação. As Universidades de Lisboa e Coimbra, Agência Ciência Viva e Fundação Calouste Gulbenkian, Câmara Municipal de Lisboa, bem como outras universidades (Nova de Lisboa, Évora, Minho, Aveiro, Porto) e autarquias colaboram a vários títulos.

A competição, apoiada pela European Physical Society, compreende a realização de duas provas, uma teórica e outra experimental. O processo de seleção - da responsabilidade dos países participantes, podendo cada um competir com um máximo de cinco alunos – consiste, regra geral, na realização de competições nacionais, tal como acontece no nosso país.

O apuramento dos alunos portugueses participantes nesta Olimpíada ocorreu nas Olimpíadas Nacionais de Física, com preparação científica da equipa no Departamento de Física da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, integrada nas atividades da escola Quark! de Física para jovens.

Todos os elementos da equipa de alunos, que representou Portugal na 49.ª edição da IPhO, foram premiados, tendo obtido uma medalha de bronze e quatro menções honrosas. O vencedor absoluto foi um estudante da República Popular da China, Yang Tianhua, tendo o prémio sido entregue pelo Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues.

A primeira edição da IPhO teve lugar em Varsóvia, na Polónia, em 1967, evoluindo ao longo dos últimos cinquenta anos para um acontecimento de alcance mundial, no qual Portugal tem vindo a participar (desde o ano 2000).

O Ministro da Educação saudou os alunos participantes desta competição, reconhecendo-os na «qualidade de embaixadores dos respetivos países, da própria olimpíada e do desenvolvimento da cultura científica para a nossa civilização».

Tiago Brandão Rodrigues lembrou-lhes a responsabilidade de estarem na vanguarda da divulgação da excelência da Física, rumo a carreiras científicas e de engenharia, agradecendo a energia demonstrada e o facto de estarem já a contribuir para mudar o mundo.

Felicitam-se todos os organizadores e participantes da IPhO 2018, em particular a Sociedade Portuguesa de Física e os alunos premiados.
Tags:
educação
Áreas:
Educação